AS PAISAGENS TÁTEIS ENQUANTO RECURSO DIDÁTICO NO ENSINO DE GEOGRAFIA

Marta Foeppel Ribeiro, Nilton Abranches Junior, Dimitri Andrey Scarinci, Larissa Romana de Oliveira Araujo, Renan Caldas Galhardo Azevedo

Resumo


O presente artigo é fruto de um projeto coletivo acadêmico desenvolvido pelo Grupo PET- Geografia/UERJ. O artigo tem por objetivo apresentar uma proposta de produção de material didático especializado de baixo custo, destinado ao ensino de Geografia a alunos com deficiência visual (cegos e baixa visão). Esse material é representado por paisagens táteis, produzidas em matrizes texturizadas para darem suporte prático ao ensino do conceito de paisagem. As paisagens táteis foram submetidas a testagem por um especialista cego e aprovadas. Para a produção das paisagens táteis foram fundamentais as parcerias do Grupo PET – Geografia/UERJ com o Instituto Benjamin Constant (IBC) e com o Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp/UERJ).

Palavras-chave: Paisagens Táteis. Ensino de Geografia. Deficiência Visual.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2447-3618 [eletrônico]
Aproximando, uma publicação eletrônica da Sub-Reitoria de Graduação da UERJ, gerenciada pelo LaTIC - Laboratório de Tecnologias de Informação e Comunicação. UDT - Unidade de Desenvolvimento Tecnológico que pertence a COPEI - Coordenadoria de Avaliação, Projetos Especiais e Inovação.

Universidade do Estado do Rio de Janeiro / LaTIC - Laboratório de Tecnologias de Informação e Comunicação /Rua: São Francisco Xavier, 524, Andar Térreo - Bloco F - Sala T032 / Maracanã - Rio de Janeiro - RJ - Cep 20550-900